Perguntas sobre recolhimento de veículos

Serviços

Perguntas Frequentes

  • 01 - Meu veículo foi removido por consequência do cometimento de uma infração de trânsito no município de Curitiba. Para onde o mesmo foi encaminhado?

    Conforme estabelecido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), algumas infrações de trânsito prevêem como medida administrativa a remoção do veículo infrator ao pátio de recolhimento do órgão com circunscrição sobre a via. No caso das remoções efetuadas pela SETRAN dentro do município de Curitiba, os veículos são encaminhados ao Pátio da SETRAN localizado na Sede da Gerência de Sinalização Urbana à Rua Benedito Carollo, 1141, bairro Cidade Industrial, Curitiba - PR, 81290-060. Telefone: (41)  3221-2221.

  • 02 - Como devo proceder para retirar o veículo removido ou apreendido do pátio?

    Dirigir-se à sede Uberaba da SETRAN, localizada na Avenida Senador Salgado Filho, 374, em frente a PUC. É importante que o responsável pelo veículo removido ligue para o telefone  (41) 3221-2221, para obter informações sobre os procedimentos necessários, os valores das despesas com remoção e estadia e/ou outros débitos, além dos documentos necessários à liberação do seu veículo.

  • 03 - Posso acessar o veículo para retirar pertences de uso pessoal, documentos, etc?

    Sim, o dono do veículo ou o seu responsável (através de procuração do proprietário), poderá acessar o mesmo para retirada de qualquer objeto ou documento, desde que seja preenchido o "Termo de abertura de veículo - TAV".

  • 04 - Posso retirar um veículo removido aos sábados, domingos ou feriados?

    Não, as liberações poderão ser realizadas somente de segunda à sexta-feira, das 09h às 12h e das 13h às 16h.

  • 05 - Existe algum número onde eu possa reclamar, opinar, sugerir ou elogiar a respeito dos serviços prestados pela empresa prestadora do serviço?

    Sim, a Central 156 é o canal de comunicação apropriado entre o usuário e a SETRAN, para quaisquer assuntos relativos à gestão do trânsito dentro do município de Curitiba.

  • 06 - Como ocorre o procedimento de remoção?

    Ao chegar ao local onde encontra-se o veículo infrator, o agente de trânsito da SETRAN emite o auto de infração, aciona o Centro de Controle Operações de Trânsito (CCO), preenche o Termo de Recolhimento anotando os dados principais bem como as condições de conservação do veículo e eventuais avarias. Após este registro, são colocados patins nos quatro pneus, para que o veículo possa ser içado até a plataforma do guincho. O veículo será transportado até o pátio de recolhimento, onde permanecerá até a retirada pelo seu responsável.

  • 07 - Para a retirada do veículo, é necessário o pagamento de eventuais débitos, como IPVA, Seguro Obrigatório, multas de trânsito, dentre outras?

    Sim, conforme o parágrafo único do Art. 271, do Código de Trânsito Brasileiro, a restituição dos veículos removidos só ocorrerá mediante o pagamento das multas, taxas e despesas com remoção e estada, além de outros encargos previstos na legislação específica.

Consulte

Consulte veículo recolhido no pátio da SETRAN

Procedimentos

O recolhimento geralmente é decorrente de infração de estacionamento irregular.

O início do procedimento de remoção por parte do agente de trânsito é fotografar o veículo e fixar os selos de lacre para restringir o acesso ao seu interior.

Apenas o proprietário do veículo (ou alguém com procuração com firma registrada em cartório) pode retirar o veículo do pátio.

É necessário o pagamento de todos os débitos com o DETRAN (IPVA, Licenciamento, Seguro DPVAT, Multas vencidas) e a taxa de remoção e as diárias através de boleto bancário emitido no próprio pátio.

O pagamento deverá ser feito em alguma agência bancaria, durante o horário normal de atendimento bancário, ou debito em conta corrente.